Lanterna Mágica – Festival Internacional de Animação

 

O FESTIVAL!

O Lanterna Mágica é um festival internacional de animação que tem o intuito de promover e difundir o mercado de animação brasileiro e mundial. O festival acontece anualmente na cidade de Goiânia-GO e fez sua estreia no calendário mundial em 2017. Os filmes inscritos passam por uma curadoria oficial e integram as mostras internacional, latino-americana, nacional, jovem, infantil e especiais. As premiações são feitas a partir da escolha dos jurados e do público que acompanha as exibições.

O festival é uma realização da Caolha Filmes, produtora que atua desde 2016 na criação e produção de animações e conteúdos voltados ao público infantil e infanto-juvenil, como curtas, séries e longas. O Lanterna Mágica tem direção geral do trio Camila Nunes, Iuri Moreno e Lara Morena.


Site Oficial

http://lanternamagicafestival.com/


Redes Sociais

Facebook: /lanternamagicafestival
Instagram: @lanternamagicafestival


Premiados 2019 (3ª Edição)

♦ MOSTRA COMPETITIVA INTERNACIONAL DE CURTAS

Jurados: César Cabral, Flávia Godoy e Renata Claus.

→ Melhor Filme (Júri Oficial): “Uncle Thomas: accouting for the days” de Regina Pessoa. (Portugal)

→ Melhor Filme (Prêmio do Público): “Avarya” de Gökalp Gönen. (Turquia)

→ Melhor Direção: “Uncle Thomas: accouting for the days” de Regina Pessoa. (Portugal)

→ Melhor Roteiro: “Untravel” de Ana Nedeljkovic e Nikola Majdak Jr. (Sérvia)

→ Melhor Direção de Arte: “Ailin on the moon” de Claudia Ruiz.. (Argentina)

→ Melhor Técnica de Animação: “Deep love” de Mykyta Lyskov. (Ucrânia)

→ Melhor Som: “Circuit” de Delia Hess. (Suíça)

→ Melhor Trilha Musical: “Sangro” de Tiago Minamisawa, Bruno H. Castro e Guto BR. (Brasil)

→ Menção Honrosa: “Patchwork” de Maria Manero Muro (Espanha)

 

♦ MOSTRA COMPETITIVA NACIONAL DE CURTAS

Jurados: Emerson Rodrigues, Isabela Veiga e Thiago Camargo.

→ Melhor Filme (Júri Oficial): “O Homem na Caixa” de Ale Borges, Alvaro Furloni e Guilherme Gehr (RJ)

→ Melhor Filme (Prêmio do Público): “Torre” de Nádia Mangolini (SP)

→ Melhor Direção: “O Homem na Caixa” de Ale Borges, Alvaro Furloni e Guilherme Gehr (RJ)

→ Melhor Roteiro: “Drawing Life” de Luciano Lagares (SP)

→ Melhor Direção de Arte: “Guaxuma” de Nara Normande (PE)

→ Melhor Técnica de Animação: “Almofada de Penas” de Joseph Specker Nys (SC)

→ Melhor Som: “Guaxuma” de Nara Normande (PE)

→ Melhor Trilha Musical: “Livro e Meio” de Giu Nishiyama e Pedro Nishi (SP)

→ Menção Honrosa 1: “Torre” de Nádia Mangolini (SP)

→ Menção Honrosa 2: “Sangro” de Tiago Minamisawa, Bruno Castro e Guto BR (SP)

→ Menção Honrosa 3: “(OvO)” de Mônica Moura (SP)

 

♦ PANORAMA LATINO-AMERICANO

→ Melhor Filme (Prêmio do Público): “Sangro” de Tiago Minamisawa, Bruno Castro e Guto BR (SP)

 

♦ MOSTRA JOVEM

→ Melhor Filme (Prêmio do Público): “Robot will protect you” de Nicola Piovesan (Estônia)

 

♦ MOSTRA INFANTIL

→ Melhor Filme (Prêmio do Público): “El Capulí” de Carlos Sosa (Equador)



Realização

Caolha Filmes


Gostou?
Compartilhe!